Ponte centenária é removida e vai virar museu em Riozinho

[:br]Dois guindastes de 220 toneladas e duas carretas de contrapeso foram usadas para deslocar a ponte.

Ponte foi construída em 1907 Foto: Mário Selbach, Divulgação

Para preservar uma ponte centenária, a prefeitura de Riozinho, no Vale do Paranhana, realizou neste sábado uma megaoperação. Dois guindastes de 220 toneladas e duas carretas de contrapeso foram usadas para deslocar a histórica ponte cerca de 10m, no centro da cidade, para onde ela ficará a partir de agora. No seu lugar, o Estado inicia nesta segunda-feira a construção de uma ponte moderna, com duas pistas e passagem para pedestres.

Construída em 1907, a velha ponte faz parte da história do município e agora vai virar museu. A administração municipal irá recuperar a antiga travessia. O entorno também será revitalizado.

Os trabalhos iniciaram às 8h e encerraram às 15h10min, com um foguetório para comemorar o sucesso da operação. Durante três horas, a região central ficou sem luz e telefone, pois foi preciso desligar os cabos de telefonia e energia para mudar a ponte de lugar.

— Deu tudo certo, graças a Deus. Sabíamos que era uma ação difícil e que envolvia muitos parceiros para dar certo. No final, valeu o esforço para preservar a ponte que é patrimônio de Riozinho e já faz parte da vida do município — comemorou o prefeito Airton Trevizani da Rosa.

Preocupada com a possibilidade de a ponte virar ferro velho, a prefeitura, com o aval do Estado, publicou um decreto municipal declarando-a patrimônio histórico do município. Assim, um projeto de lei foi encaminhado à Câmara de Vereadores, para que a ponte fosse tombada.

— Foi preciso agir rápido, pois a empresa que irá construir a nova ponte está com tudo pronto em Riozinho somente à espera da autorização para iniciar suas atividades. A expectativa é que a inauguração ocorra ainda no primeiro semestre de 2012 — destacou o prefeito.

Imagens da megaoperação para salvar ponte centenária em Riozinho:

   

fonte: Clic RBS – Zero Hora[:]

Compartilhe esta notícia
LinkedIn
Twitter
Facebook
WhatsApp

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Para mais informações, visite nossa Política de Privacidade.

Abrir bate-papo
1
Olá 👋
Podemos ajudar?