Bienal do Mercosul: quarto de dormir é içado no Paço Municipal de Porto Alegre

[:br]Obra do artista japonês Tatzu Nishi faz parte da 8ª Bienal do Mercosul.

Guindaste içou a grande escultura do artista japonês Tatzu Nishi - Tárlis Schneider / Agencia RBS

Pode parecer esquisito, mas o título quer dizer exatamente isso. Na manhã deste sábado, um guindaste içou uma grande escultura do artista japonês Tatzu Nishi no Paço Municipal, centro de Porto Alegre. A obra incorpora elementos da fachada do prédio para reproduzir o ambiente de um quarto de dormir. A movimentação começou por volta das 8h e, claro, atraiu a atenção de quem passava pelo local.

A instalação faz parte do segmento Cidade Não Vista, da oitava edição da Bienal do Mercosul. O objetivo é chamar a atenção das pessoas para locais e prédios que fazem parte do cotidiano da cidade mas ficam invisíveis para quem passa por eles rotineiramente. Por meio de um trabalho de arqueologia urbana, foram identificados nove sítios do centro da capital para abrigar as interferências, que serão produzidas por artistas de vários países. O curador adjunto da Bienal, Cauê Alves, explica que o trabalho de arte colabora para a criação de uma relação não-usual com a cidade.

fonte: ClicRBS – Zero Hora[:]

Compartilhe esta notícia
LinkedIn
Twitter
Facebook
WhatsApp

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Para mais informações, visite nossa Política de Privacidade.

Abrir bate-papo
1
Olá 👋
Podemos ajudar?